miércoles, 11 de febrero de 2009

Olhando o céu

Olhando o céu,
Verás que não estás sozinho,
Que o mundo embora grande, não é assustador,
Que a vida, complexa, é possível vivê-la.

Olhando o céu,
Verás uma grande esperança,
Que o mundo é uma criança,
Que és uma criança.

Olhando o céu,
Verás que se deve sonhar sempre,
Que acreditando nos sonhos,
És capaz de realizá-los.

Olhando o céu,
Verás o pássaro,
Que, invisível, grita a liberdade,
És capaz de vê-lo, ouvi-lo e senti-lo.

Olhando o céu,
Verás uma força imensa existindo em tudo,
Energia que vem para revolver todas as coisas,
Mas que se torna impotente perante nossa liberdade.

Olhando o céu,
Verás que uma vida espera por todos nós,
Mas, para chegar lá,
Temos de viver o agora como se fosse tempo único.

Olhando o céu,
Verás amigos sorrindo,
Verás que, de mãos dadas, é mais fácil viver,
É mais fácil ser humano.

Olhando o céu,
Verás que os momentos da vida
Quando se tornam transcendentes,
Penetram em nosso interior e se eternizam.

Olhando o céu,
Verá a ti mesmo com toda liberdade
E capacidade de amar que possuis.

Voar é possível, mesmo sem asas. Basta sonhar e amar.

Moacir Sader

2 comentarios:

kev dijo...

no entiendo el portugues por que es portugues verdad? disculpa mi ignorancia.

saludos!

Sid dijo...

Asi es mi amigo, pero no te preocupes, lo traducire para que lo leas sin problemas. Mas bien gracias por leerme.
salu2